Cremesp e Abramet-SP discutem os efeitos da Portaria nº 70 do Detran-SP

Cremesp e Abramet-SP discutem os efeitos da Portaria nº 70 do Detran-SP

Para analisar as particularidades provenientes da Portaria nº 70 do Detran-SP, o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Lavínio Nilton Camarim, recebeu, nesta sexta-feira (04/05), o presidente e vice-presidente da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet-SP), José Heverardo da Costa Montal e Dirceu Diniz, respectivamente.
Durante a reunião, foram abordados os pontos correspondentes à Portaria nº 70, com o objetivo de regulamentar o credenciamento dos médicos junto ao Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP). Criada em 2017, a portaria apresenta a regulação do credenciamento de entidades, peritos médicos e psicólogos destinados à realização dos exames de aptidão física e mental, e de avaliação psicológica.
Para o presidente do Cremesp, o encontro foi de extrema importância para elencar os pontos que influenciam no exercício da boa Medicina. “A portaria precisa ser debatida para que seja aplicada de forma a não prejudicar o profissional médico”, disse Camarim. O presidente da Abramet-SP apontou os detalhes da portaria que precisam de atenção, “ a portaria deve ser conduzida com mais cautela, principalmente, por questões éticas e quanto aos custos para o médico”, enfatizou Montal.