O que são?

Diretrizes Médicas constituem o patrimônio de uma sociedade científica. Os Médicos de Tráfego têm muito do que se orgulhar das suas.

Trata-se de iniciativa conjunta da Associação Médica Brasileira e do Conselho Federal de Medicina que, no ano 2000, criou o Projeto, com o objetivo de “conciliar informações da area médica a fim de padronizar condutas que auxiliam o raciocínio e a tomada de decisão do médico”.

As diretrizes constituem-se, na realidade, em protocolos de auxílio à decisão médica, laborados pelas diferentes sociedades de especialidades afiliadas à AMB e representam, na prática, padronização de condutas que auxiliam o raciocínio e têm, como base, as melhores evidências científicas disponíveis.

As informações contidas no projeto devem ser submetidas à avaliação e à crítica do médico, responsável pela conduta a ser seguida, diante da realidade e do estado clínico de cada paciente. Cada uma das sociedades de especialidades afiliadas à AMB é responsável pelo conteúdo informativo e pela elaboração do texto de sua diretriz.

As sociedades escolhem os temas abordados e realizam busca sistemática na literatura, da melhor evidência científica disponível. A medicina ao longo dos anos passa por Inúmeras mudanças; apesar disso, seu objetivo principal, o cuidado ao paciente, permanence imutável, gerando contínuos desafios a serem vencidos de forma individual em cada decisão médica tomada. A literatura mundial tem elaborado e divulgado grande número de informações, muito mais acessíveis que no passado, o que redefine o universo do conhecimento médico e torna indispensável, de maneira ética e com rigorosa metodologia científica, construírem-se bases de sustentação de recomendações de conduta médica.

Nós, ABRAMET, estamos diretamente ligados a este contexto.